Cegonha-Bico-de-Sela

A Cegonha-Bico-de-Sela (Ephippiorhynchus senegalensis) é uma ave de origem Africana e que atinge entre 1,40 a 1,50 metros de altura, com uma envergadura de 2,40 a 2,70 metros e pesam cerca de 5 e 7 quilos. Elas podem chegar aos 36 anos de idade quando criadas em cativeiro. Estas aves se alimentam de peixes, de larvas, rãs, cobras, caranguejos, camarões, pequenos mamíferos, aves e escaravelhos. Uma curiosidade é que ela só come os peixes depois de limpá-los e tirar as espinhas.

Tauraco ou Turaco

O Tauraco-de-crista-vermelha (Tauraco erythrolophus) é uma ave endémica de Angola. Tem na cabeça uma crista vermelha e não há diferença entre macho e fêmea no tamanho e na cor. Mede cerca de 40 centímetros e sua cor básica da plumagem é verde metálico e azul. Uma curiosidade é que o som emitido por esta ave é idêntico ao do macaco da floresta, confundindo muita gente.

Lobo-guará

O lobo-guará (Chrysocyon brachyurus) é uma especie de mamífero que pode atingir entre 20 e 30 kg de peso e até 90 cm de altura. É um animal solitário e que é encontrado formando casais apenas na época reprodutiva. O lobo-guará é onívoro e se alimenta de animais e vegetais, ocorrendo em savanas e áreas abertas no centro do Brasil, Paraguai, Argentina e Bolívia, sendo um animal típico do bioma Cerrado. Como curiosidade, foi o animal escolhido para simbolizar a cédula de R$ 200,00.

Babuínos

Babuínos que vivem próximo as praias da África do Sul. Essa espécie de babuíno (Papio ursinus) tem muitos comportamentos parecidos com os humanos, fazem amizades, possuem hierarquia, buscam alimentos em grupos e também são agressivos quando se sentem provocados.

Nas estradas da península do Cabo da Boa Esperança existem vários alertas indicado que os babuínos são animais selvagens perigosos e que os motoristas devem manter os veículos com portas trancadas e vidros fechados e não alimentar esses animais. Uma curiosidade é os machos possuem dentes que podem chegar a 4,5 cm.

Iguana

Iguana-verde (Iguana iguana), também conhecida como iguana-comum e camaleão. São répteis que ocorrem em regiões tropicais da América Central, América do Sul e Caribe. As Iguanas se alimentam de folhas, flores e frutos das árvores, mas podem consumir insetos e pequenos vertebrados. Elas podem atingir até 180 cm de comprimento e pesar 9 kg. Uma curiosidade é que sua cauda é quase 3 vezes maior que seu corpo.

Leão

O leão (Panthera leo) é um mamífero carnívoro que vive até 14 anos na natureza.

A espécie está classificada como “vulnerável” pela União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), e sofreu um declínio populacional de 30-50% nas últimas duas décadas no território africano. Já foi extinto em alguns lugares, como África do Norte e em alguns lugares da Ásia.

Esquilo

O esquilo (Sciurus vulgaris) é um mamífero roedor que também é conhecido como serelepe, caxinguelê, entre outros. É um animal de hábitos diurnos e se desloca com incrível agilidade pela copa das árvores. Seus principais alimentos são os pinhões, coquinhos, avelãs, nozes, diversas sementes, frutas e insetos pequenos. Cada ninhada dá entre 3 a 10 filhotes e quando adulto, as maiores espécies da família chegam a medir de 53 a 73 cm de comprimento com a cauda.

Jacu

O jacuguaçu, jacuaçu ou jacu (Penelope obscura) é uma ave que mede aproximadamente 73 centímetros de comprimento e pesa em média 1,2 kg. Possui um canto bem peculiar, com uma mistura de grasnidos e cacarejos interrompidos, mal parecendo com o canto de uma ave. Seu papel é fundamental na natureza, pois atua como grande dispersor de sementes para várias espécies de árvores e palmeiras.