Fervedouro Bela Vista

O Fervedouro Bela Vista está localizado na cidade de São Félix do Tocantins no estado de Tocantins. Este fervedouro de água doce possui 15 metros de diâmetro de água transparente, com tons de verde e azul, assim como uma nascente principal que cria a sensação de borbulhar na água. Foi instalada uma plataforma para acesso no entorno do fervedouro com objetivo de proteger o solo sensível do local, também limitam o tempo de acesso dos visitantes.

Cânion Itaimbezinho

Para começar o ano de 2022 escolhi 1 foto no Cânion Itaimbezinho. O local possui 2 trilhas: do Vértice e do Cotovelo, sendo que uma dá acesso aos desfiladeiros que chegam a mais de 700 metros de altura e 07 km de extensão e a outra com diversos mirantes com vista para as cachoeiras Andorinhas e Véu da Noiva. Itaimbezinho é um nome de origem Tupi-Guarani que significa pedra afiada. O cânion está localizado entre Cambará do Sul e Praia Grande, no Parque Nacional dos Aparados da Serra entre os estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Serra da Catedral

A Serra da Catedral é uma formação rochosa de milhares de anos que se assemelha a uma grande fachada de igreja, com 180 metros de altura, equivalente a um prédio de 60 andares. Ela é chamada de Morro do Mandacaru pelos locais e fica entre São Félix do Tocantins e Novo Acordo no Tocantins. A partir de 2010 foi reconhecida pelo ICMBio como uma Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN.

Lagoa dos jacarés

A lagoa dos jacarés fica no caminho para quem vai visitar as dunas do Jalapão e recebeu esse nome porque os locais dizem que existem vários jacarés que vivem ali. Ao fundo a Serra do Espírito Santo, que junto ao vento é fundamental para o aparecimento das dunas do jalapão. Esse conjunto fica na cidade de Mateiros (cidade referência na produção do artesanato em capim dourado) que recebeu este nome em função da grande quantidade de veados mateiros encontrados na região.

Dunas do Jalapão

As Dunas do Jalapão são incríveis, rodeadas por um cenário peculiar, com fauna, flora, água, serra, “deserto” e tudo de mais especial que torna esse local um espetáculo natural. As dunas surgiram a partir da erosão continua das serras rochosas por longos anos, medem entre 30 e 40 metros e estão localizadas no Parque Estadual do Jalapão, no estado de Tocantins. Das dunas é possível avistar a Serra do Espírito Santo, as veredas de capim dourado e os lagos no meio do deserto. Uma curiosidade é que itens encontrados ali indicam que o lugar já foi o fundo de um oceano.

Serra da Cantareira

Contraste entre a “selva de pedra” e a Serra da Cantareira que fica no Estado de São Paulo e abrange os municípios de São Paulo, Guarulhos, Mairiporã e Caieiras. Possui 64.800 hectares e no passado já foi rota dos tropeiros que armazenavam a água em jarros conhecidos como cântaros e que ficavam guardados em prateleiras chamadas de “cantareira”, origem do nome da serra. Em 1986 a região virou o Parque Estadual da Cantareira e hoje é parte integrante da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, reconhecida pela UNESCO.

Céu de inverno em SP

Tarde de inverno em São Paulo, com céu colorido e temperatura oscilando entre 3°C e 25°C. A Terra da Garoa vai ficando para trás e cada vez mais São Paulo estabelece um novo padrão, principalmente pelas mudanças climáticas e pelo aumento do desconforto térmico. O Inverno, que vem latim hibernum, significa neutro, invernal, invernoso, tempo frio, trás com ele não só a queda de temperatura, mas lindas cores no céu. Detalhe de foto tirada no bairro do Itaim Bibi, sem filtro, por volta das 18h.

Jardim Japonês

Na cultura japonesa o paisagismo é uma das formas mais elevadas de arte, pois consegue expressar a essência da natureza em um limitado espaço. Assim são os jardins japoneses, feitos para conduzir naturalmente a um estado de meditação, calma e espiritualidade. O lago com carpas ornamentais representa a vida. Destaque para as cores das carpas (Koi) ornamentais. Elas surgiram no Japão através de mutação genética, mas a carpa comum é originária da China e são símbolos de prosperidade, longevidade e fertilidade.

Rio de Cavalcante

Detalhe de um dos rios que atravessam a cidade de Cavalcante-GO. A cidade possui mais de 60% de sua área no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e contempla lindas cachoeiras (entre elas umas das mais bonitas do Brasil – Cachoeira Santa Bárbara), além de trilhas, formações rochosas, mirantes e incríveis exemplares da nossa fauna e flora. Fica a 320 km de Brasília e a 500 km de Goiânia.

Pirâmide de Kukulkán

Templo maia de Kukulcán ou Pirâmide de Kukulkán. Esta pirâmide restaurada fica no sítio arqueológico de Chichén Itzá. Também conhecida como El Castilo (O Castelo), foi construído no século XII d. C. pelos maias. Neste local eram realizados os cultos ao Deus Maia Kukulkán (Serpente Emplumada) e também era usado como calendário Haab (calendário solar agrícola) e o calendário Tzolkin (calendário sagrado). A UNESCO declarou a cidade maia de Chichén Itzá como Patrimônio da Humanidade em 1988.